Noticia

“Sempre seguraste em minhas mãos para mostra-me o caminho, mesmo não sendo famoso”, diz Yuri da Cunha sobre Walter Ananaz

O artista angolano, Yuri da Cunha prestou uma singela homeagem esta terça-feira, 01 de fevereiro ao seu homólogo Walter Ananaz, a quem demonstrou um grande apreço, por este ter apoiado a sua carreira musical desde a gênese.

Yuri destacou o ano em que conheceu Walter pessoalmente, época em que teve o apoio do artista e passou a espelhar-se não apenas na carreira, mas também na pessoa de Walter Ananaz a quem considerou seu “rei e ídolo”.

“Todo os dias me lembro com orgulho o ano de 1997, ano que eu pude conhecer-te pessoalmente. Sempre segurastes em minhas mãos para mostra-me o caminho, mesmo não sendo famoso conhecido, apenas um cantor pio sem visão e cheio de sonhos. Vivi estes anos todos desde la, seguindo teus passos, seguindo-te como meu espelho, não só como artista, mas também e principalmente o ser humano que há em ti meu rei”, começou por dizer.

Yuri da Cunha disse ainda que o seu desejo era dividir o palco com o artista Walter Ananaz, algo que almejou, há 25 anos e que finalmente poderá realizar após tantos anos de espera.

“KOTA  é assim que te chamo, mas eu quero chamar-te ao mesmo tempo, irmão mais velho, humildade, respeito e o mais importante; ÍDOLO. Hoje passados 25 anos, vejo o meu maior sonho ao teu lado prestes a se realizar, estou completamente emocionado, mesmo estando ao teu lado está difícil acreditar que depois de 25 anos de espera será realizado o sonho. No palco juntos teremos uma das maiores referências musicais do mundo para os dois, o mestre Simmons Massini  que vai comandar a direção Musical deste concerto que aguardou 25 anos . Estou até a lagrimar ao escrever estas linhas. É tanto afecto e gratidão que palavras não chegam meu Rei Walter Ananaz Obrigado por me permitires se espelhar em ti meu ÍDOLO”, completou o artista.

error: Content is protected !!